Resenha: Demian – Herman Hesse

Sinopse

O livro inicia-se na infância de Emil Sinclair, em uma lar extremamente religioso e “luminoso”. Ele, apesar de idolatrar este mundo luminoso sente-se diferente do resto de sua família já que não consegue abraçá-lo em sua plenitude, mas apenas enxergá-lo como se estivesse do lado de fora de toda a situação. É apenas quando se envolve com Franz Kromer, valentão da escola que o chantageia, que Sinclair realmente passa a lidar com a dualidade do mundo luminoso de sua casa e o inevitável mundo sombrio dentro de si, agora tão aflorado. O sofrimento se torna constante e a distância do mundo luminoso cada vez maior. Demian, aluno de sua escola – e aparentemente entendido do sofrimento de Sinclair – aparece em sua vida e seu problemas são resolvidos com Kromer. O sofrimento cessa momentaneamente, apenas para reaparecer mais forte tempo depois. Sinclair mal sabia que nele havia sido plantado uma semente, e que apenas uma jornada de auto-conhecimento iria levá-lo até o florescer dela.

Considerações

Demian é um livro incrível, que tal como Gertrud tem o título de uma pessoa extremamente importante na vida do personagem principal. Mas porque Demian é tão especial? Não é ele que tornou Sinclair o que ele é, mas foi ele a faísca que ascendeu o fogo do personagem. Já existia algo ali dentro, um sentimento de deslocamento que se tornou descontrolado antes de Demian. E apenas com o apoio deste –  que mesmo longe atuou como um inicialmente um guia e depois como figura a ser alcançada e a quem se deve satisfações -, que Sinclair foi capaz de  retornar a sua jornada em cada uma das turbulências pelo qual passa durante a jornada contada no livro.Demian-Hermann-Hesse

A dualidade, ou a inexistência dela é o grande tema da trama. Luminoso, escuro, homem, mulher. Com o passar de suas crises e o aumento de seu conhecimento Sinclair descobre-se um pouco de cada e torna-se cada vez mais completo, em sua concepção. Temos uma incrível passagem onde Demian chega cita que o demônio também é Deus, já que não há como uma força tão grande ser apenas um lado da moeda. Isto é que Sinclair deve procurar, uma aceitação do todo, sem restrições quando a algum lado.

Por fim, é interessante ressaltar que toda a história acaba aos 18 anos do personagem. Apesar de parecer que uma vida inteira já ocorreu ali, justamente pelos altos e baixos vividos por ele. A falta de detalhes físicos e a grande semelhança entre seus personagens, sempre em busca de um sentido para a vida me faz ver a todos como o próprio Hesse.

Citações

” Mas cada homem não é apenas ele mesmo, é também um ponto único, singularíssimo, sempre importante e peculiar, no qual os fenômenos do mundo se cruzam daquela unica vez e nunca mais”

” Não creio ser um homem que saiba. Tenho sido sempre um homem que busca, mas já agora não busco mais nas estrelas e nos livros. Começo a ouvir os ensinamentos que meu sangue murmura em mim.”

” Quando temos medo a alguém é porque demos a esse alguém algum poder sobre nós; “

” Hoje sei muito bem que nada na vida repugna tanto ao homem do que seguir pelo caminho que o conduz a si mesmo”

“Quando um animal ou um homem orienta toda a sua atenção e toda a sua força de vontade para determinado fim, acaba por consegui-lo. O mesmo acontece com o que antes dizíamos. Se observarmos uma pessoa com suficiente atenção, Acabaremos por saber mais da pessoa do que a própria pessoa”

Vale a Pena?

Demian é um destes livros que vale a pena ser relido várias vezes durante a vida. As reflexões mudam conforme você também muda. Apesar de todos os livros de Hesse possuírem tal similaridade, Demian consegue ser uma de suas melhores obras.

Ficou Interessado?

A Saraiva tem algumas versões de bolso bem baratas do livro. Dá uma conferida!!

 


SE VOCÊ GOSTOU DO CONTEÚDO, COMENTE OU SIGA-NOS NA PÁGINA DO FACEBOOK, NO TWITTER OU PELO RSS!! É MUITO IMPORTANTE PARA NÓS SABER O QUE VOCÊS ESTÃO ACHANDO!


Advertisements

3 thoughts on “Resenha: Demian – Herman Hesse

  1. Pingback: Balanço 2013: Lista de Livros Lidos | Livrismos

  2. Realmente abriu minha curiosidade, e comprei imediatamente.Um livro muito interessante justamente por sua singularidade,lerei outros desse autor.Obrigada pela ótima resenha!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s