Resenha: Cronicas Marcianas – Ray Bradbury

SINOPSE

Crônicas Marcianas é, como já diz o título, um apanhado de histórias curtas que contemplam desde a primeira visita terrestre ao planeta marciano até o início da colonização do planeta por parte de nossos conterrâneos. O livro mostra o ponto de vista marciano e também o terráqueo, colaborando desta forma para diversas interpretações diferentes.
É interessante comentar que as crônicas foram publicadas periodicamente em revistas de pulp fiction e agrupadas posteriormente neste livro. Felizmente, todas elas são distribuídas de forma que constituem uma história linear.

COMENTÁRIOS

Depois de certa altura, o livro me trouxe um sentimento de melancolia. A invasão e a destruição que ocorre quando tenta-se se apossar e colonizar uma terra “nova” são trazidos a tona pelo autor, que faz paralelo com todos os casos de povos de nosso planeta que também sofreram em situações semelhantes.
Os escritos foram públicados e reunidos durante a década de 50, período da Guerra Fria. Isto faz com que tragam consequetemente um pouco do medo e da crítica à bomba atômica – que possuia grande força no contexto da época-. É interessante notar também, que por conta deste cenário, outros autores também escreviam bastante sobre o tema. Isaac Asimov, por exemplo, tem um conto bem interessante sobre o tema, onde alienigenas analisam o desenvolvimento das espécies a partir do conhecimento atômico que estas possuem. A humanidade finalmente alcança esse patamar e se torna apta a ser iniciada no processo de integração com o resto do universo. Infelizmente, a Terra é logo descartada da lista, já que nunca havia ocorrido o precedente de uma raça usar a tecnologia contra si próprio. “Pobres coitados” cita o alienigena encarregado da operação. (Você pode encontrar este conto no livro “Jupiter a Venda”.)
Por fim, é legal também perceber como apesar de possuir particularidades de alguns temas da época em que foi escrito, o livro consegue ser atemporal em suas reflexões. O fato de trazer os problemas bastante comuns ao ser humano em um ambiente totalmente diferente e desconhecido parece ser a motivo. Será que tudo pode mudar e continuaremos sempre com os mesmos problemas?

VALE A PENA?

Crônicas Marcianas é uma obra bastante conhecida de Bradbury justamente pela sua qualidade. Por estar dividida em contos, é possível ter diferentes formas de narrativa, possibilitando experiencia e pontos de vista diferentes a cada capítulo. Bastante Recomendado!

Ficou interessado?


SE VOCÊ GOSTOU DO CONTEÚDO, COMENTE OU SIGA-NOS NA PÁGINA DO FACEBOOK, NO TWITTER OU PELO RSS!!
É MUITO IMPORTANTE PARA NÓS SABER O QUE VOCÊS ESTÃO ACHANDO!


Advertisements

3 thoughts on “Resenha: Cronicas Marcianas – Ray Bradbury

  1. Eu li a graphic novel de As Crônicas Marcianas e gostei muito, especialmente das reflexões sobre humanidade, sobre conflitos de culturas. É uma obra atemporal.

    Assim como Farenheit 451, que também é leitura obrigatória. 😀

    • Li fahrenheit 451 agora no final do ano, logo mais vou falar sobre ele aqui. Os dois são livros bastante diferentes, mas os achei bastante envolventes.Pretendo dar uma visitada na obra do Bradbury, gostei do cara!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s