Como ler Fundação de Isaac Asimov?

A série Fundação de Asimov, foi originalmente um grupo de oito histórias que foram publicadas na revista “Astounding Magazine” entre Maio de 1942 e Janeiro de 1950.  Sua história foi criada, segundo Asimov, a a partir da leitura de “O Declínio e Queda do Império Romano”. Em 1951 a editora Gnome juntou as quatro primeiras histórias com uma quinta inédita e formaram o primeiro livro. As outras quatro histórias, reescritas, se tornaram os livros Fundação e Império e Segunda Fundação.
Para ressaltar a importância da série, é interessante sinalizar que a Trilogia Fundação ganhou o prêmio HUGO como a melhor série de ficção científica e fantasia no ano de 1966. ( sim, isso é bom pra caramba!)
Durante as década de 60 e 70, Asimov adaptou as datas de todas as suas histórias – incluindo as datas da trilogia da fundação – para formar uma única narrativa cronológica de todo o universo de livros criado por ele. Limites da Fundação e Fundação e Terra vieram depois da mudança e já agregam informações que ocorreram em outras narrativas – tais como a ideia de uma colonização terráquea da galáxia em duas frentes, sendo uma delas apenas com humanos e a segunda com robôs.

Sinopse – Trilogia Fundação

A humanidade se expandiu para toda a galáxia. Apesar da distancia, as garras do Império Galático chegaram em toda a parte e com ela, cresceu a força a burocracia do império – única forma de regulamentação para um universo tão vasto e cheio de planetas e facções. Em Trantor, capital do Império, Hari Seldon está sendo julgado por traição. Ele, inventor da psico-história, uma ciência capaz de prever o futuro da sociedade, alega que o Império galáctico está em declínio e que caíra em uma “era das trevas” durante 10 mil anos. – Besteira – clamam eles – este é apenas mais um louco que deseja difamar o estado. O Império nunca esteve melhor!

Ainda contrario ao senso comum, Seldon também alega que a “Fundação”, uma enciclopédia galáctica de todo o conhecimento humano é a única que forma de reduzir esse período de escuridão para apenas mil anos. Seldon perde o julgamento, e o seu projeto de enciclopédia é jogado em Terminus, um pequeno planeta de difícil habitação e localizado no extremo do domínio imperial. O governo espera que com a sentença, a chama de Seldon se apague, ou que seu projeto definhe perante as dificuldades apresentadas, mas a verdade é que a fundação não é o que parece ser, e Hari Seldon já estava preparado para tudo.

Como Ler Fundação?

Basta você você começar pela trilogia principal (Compre o box aqui!) composta por: Fundação, Fundação e Império e A Segunda Fundação que não tem erro. Depois, foram lançadas sequências e dois prelúdios que são onde as coisas complicam um pouco. Abaixo, discuto um pouco sobre as opções de como ler a série.

 

1. Ordem de Lançamento – Funciona Bem

Fundacao 1Essa é uma opção, já que você lê primeiro a trilogia principal – que é essencial – e continua seguindo uma ordem cronológica da série até chegar em Fundação em Terra. Por fim, você retorna para o período anterior ao início da trilogia e descobre coisas bastante interessantes sobre a vida de Hari Seldon e como ele construiu a Psico-História.

2. Ordem cronológica da Série – A menos indicada

fundacao 2Sinceramente, as histórias mais fracas dentre toda a coleção estão em Prelúdio à fundação e em crônicas da fundação. Não que elas sejam histórias ruins, já que se sustentam sozinhas, mas no fundo, elas não trazem nada realmente instigante por si só. Se conseguirmos ler estes dois livros após ler a série principal, chegamos até estes livros com o conhecimento de toda a capacidade de Hari Seldon e conseguimos encontrar motivos e ideias que antes nos seriam desconhecidos e lhe atribuir valor. Estes dois livros são bastante focados em fãs da série que desejam conhecer mais sobre o intitulado “alter ego” de Asimov.

3. Narrativa principal + Extensões – A mais indicada

fundacao 3Como já comentei antes, a melhor forma de se ler fundação é lendo primeiro a trilogia principal. Após isto, você pode seguir lendo a ordem cronológica, como na primeira opção que eu dei, ou ir direto para os livros que estão ocorrem antes da trilogia. Não há preferencia. A única “exigência”, é que para um melhor aproveitamento você leia os dois livros de cada extensão da saga nesta sequencia (ex. primeiro Limites da Fundação e depois Fundação e Terra), visto que nos dois casos, o par de livros constituem uma história única.

Para conhecer mais sobre as extensões de fundação acesse :

Ficou Interessado?

Compre Aqui 3


SE VOCÊ GOSTOU DO CONTEÚDO, COMENTE OU SIGA-NOS NA PÁGINA DO FACEBOOK, NO TWITTER OU PELO RSS!!
É MUITO IMPORTANTE PARA NÓS SABER O QUE VOCÊS ESTÃO ACHANDO!


Advertisements

22 thoughts on “Como ler Fundação de Isaac Asimov?

  1. Pingback: Literagem & Now reading #5 | Irônica Literatura

    • Jefferson, tudo bem? Que bom que gostou! Apesar de ser simples, o grande número de informações sobre a saga me deixou um pouco com medo no começo, então espero ajudar alguém a começar essa saga incrível. Pelo que vi você já entrou de cabeça nela e até levou reprimenda… hahahahaha! Fundação é incrível. Eu lia enquanto estava no ônibus para o trabalho e ficava puto quando chegava no meu destino!

      Abraço! Vou ficar de olho lá na sua quebrada.

      • Oi Bruno, beleza, e você?
        Heh, gostei bastante!
        Pois é, meu chefe deu aquela bronca de leve porque estava a ler no PC da empresa xD Comecei a ler coisas do Asimov através de “Eu, robô” e da amizade dele com o Arthur C. Clarke (outro ninja).
        Agora que sei que tem bem mais material a ler sobre essa saga, tentarei adquirir os outros livros também \o/

        Abraço, e obrigado por seguir o Irônica Literatura! “Livrismos” já está nos meus favoritos também 😀

      • Outro livro bastante legal de Asimov é “o fim da eternidade”. Eu acabei comprando-o em um sebo por acaso e descobri depois que era umas das grandes obras do autor. Tenho até uma resenha aqui no site.

        Ando lendo algumas obras do Clarke, que também é incrível. Você tem alguma dica de livro dele que gostou??

  2. Oi Bruno;

    Vou buscar esse que indicou! Inclusive, o que indico do Clarke tem o nome parecido: O fim da infância; É um daqueles livros que você para e pensa: “Meu, isso bem que poderia acontecer mesmo!”

  3. Encontrei o blog fazendo uma busca no Google atras de resenhas da trilogia. Entre as minhas leituras preferidas está a ficção científica e gostei muito das resenhas deste blog. Livrismos já se tornou um dos meus favoritos.

    • Ana, que bom que você gostou do conteúdo do site! Fico bastante feliz quando as pessoas encontram o blog e gostam do conteúdo. Sinta-se a vontade para comentar e discutir algum livro que você já tenha lido aqui nos comentários. Estarei preparado para responde-la.

  4. Caramba, seu site é ótimo. Estou pensando em começar a ler Asimov e sua explicação sobre a série A Fundação me deixou com mais vontade ainda. Já tinha lido alguns livros de Arthur C. Clarke e espero gostar também de Asimov.

    Muito obrigado. Um abraço.

    • Lucas, obrigado pelo elogio. A série é incrível e fico feliz de que mais uma pessoa acabou interessada nela. Espero que aproveite!! Se gostar, também dê uma olhada em Philip K. Dick, acho o cara incrível também.

  5. Pingback: [Resenha] Fundação | Sem Serifa

  6. Comecei a ler fundação porque vi que alguns amigos meus gostavam muito e li algumas coisas aqui no blog que me deixaram bem curiosa. Comecei pela trilogia original e to amando! To lendo agora o ultimo livro e to muito viciada. A historia é incrivel. Essa série é muito melhor do que eu esperava.

    • Na, que bom que deu vontade de ler A Fundação através do blog, porque a trilogia é simplesmente incrível. Gostaria que o mundo inteiro pudesse ler esses livros ( não precisa gostar, só ler… hahahaha). Eu me lembro que comprei a trilogia de uma vez só e acabei elas muito rápido… não conseguia parar!!

  7. Pingback: Trilogia Fundação – Isaac Asimov | Literateca

  8. Pingback: Primeiro livro da série Fundação, de Isaac Asimov |

  9. Eu li na sequencia menos indicada por vc. e gostei. Saber como tudo começou e seguir a ordem cronológica não foi mal. Acho que de outra maneira me sentiria perdida.

  10. Achei a trilogia da fundação fantástica. Os dois últimos livros na ordem cronológica Limites e Terra, são muito bons, mas não me surpreenderam como os primeiros. Sinceramente, entendi a visão do autor, mas não gostei do final. Esperava muito mais. Acho que, em função do lapso temporal entre as obras, o Asimov alterou bastante o rumo da história e encaixou os livros entre os outros livros que já tinha escrito, como “Eu, Robô”. Na “História por trás da fundação”, no início de Terra ele deixa bem claro que foi praticamente intimado pela editora para escrever mais livros, por isso, acho que ele terminou uma história tão fantástica só com dois livros, que desviaram bastante do curso original das 3 obras, principalmente introduzindo os robôs, que não apareceram nas 3 primeiras (o que eu não gostei). Mesmo fechando de forma coerente, acho que ele quis fazer “o assunto morrer”. De qualquer forma, virei fã do autor. Vou ler mais livros dele, sem dúvida.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s