Walden / A vida nos Bosques – Henry David Thoreau

Apesar de publicado em 1854, Walden ou A Vida nos Bosques é uma obra atemporal. O livro, de Henry David Thoreau, contemporâneo e colega de Ralph Waldo Emmerson (Que ando bem interessado em ler) é baseado em um experimento bem drástico realizado pelo autor, que  se mudou para o lago Walden, construiu uma pequena casa com suas próprias mãos e passou 2 anos, 2 meses e 2 dias em completa reclusão, vivendo por si mesmo.

Segundo o próprio autor:

“Fui à floresta porque queria viver deliberadamente, encarar apenas os fatos essenciais da vida, e ver se eu poderia aprender o que ela tinha a ensinar, e não, quando eu vier a morrer, descobrir que nunca vivi.

Eu não desejei viver o que não era vida, estar vivendo me é tão caro; nem desejei praticar a resignação, a menos que fosse necessário. Eu queria viver profundamente e sugar toda a essência da vida, viver tão robustamente tal qual um espartano e jogar fora tudo o que não era vida”

O resultado deste experimento é retratado em forma de livro e conta com uma narrativa bastante detalhada e lenta, bem como extremamente despretensiosa.

Henry_David_ThoreauSuas caminhadas longas e sem direção, bem como sua filosofia sobre o tema rendem um capitulo inteiro do livro. As visitas, não tão frequentes, e nem tão bem recebidas por conta dos seus poucos recursos, rendem outro capitulo lotado de pensamentos sobre a necessidade de estar presente em suas atividades cotidianas e sobre relacionamentos interpessoais.

É neste ritmo simplório e cheio de trivialidades que todos os capítulos são compostos.

Comentários

Walden é um livro cheio de devaneios e incríveis insights que se tornaram referência para os movimentos de minimalismo e sustentabilidade. E não é para menos. Thoreau coloca na mesa questões extremamente atemporais e mostra tudo isso com uma linguagem extremamente fácil, sem complicação.

Para vocês compreenderem um pouco do tamanho que o livro se tornou, ele é citado por Gandhi como obra influenciadora de seus pensamentos.

Para inicio de conversa,  Thoreau acredita que “… se uma pessoa avançar confiantemente na direção de seus sonhos, e se esforçar por viver a vida que imaginou, há de se encontrar com um sucesso inesperado nas horas rotineiras.” 

e para isso, com sua própria experiencia, chega a conclusão de que a  frugalidade é uma das principais formas de se conseguir a liberdade desejada, já que:

“O custo de uma coisa é a quantidade de vida que é necessário para ser trocado por ela, imediatamente ou a longo prazo.” 

e

A medida que ela simplificar a sua vida, as leis do universo hão de lhe parecer menos complexas, e a solidão não será mais solidão, nem a pobreza será pobreza, nem a fraqueza, fraqueza. Se construístes castelos no ar, não terá sido em vão vosso trabalho; eles estão onde deviam estar. Agora colocai os alicerces por baixo”.

Sendo assim, ele mesmo cita que a “Minha maior habilidade na vida foi desejar pouco” e ainda faz um pouco mais ao dedicar um capitulo inteiro para elaborar uma relação de todos os seus gastos durante a construção de sua moradia e dos anos posteriores que passou em Walden.

Ele conta cada centavo utilizado e usa isto como lição para todos aqueles que acreditam ser impossível viver com tão pouco dinheiro quanto ele.

Mark Boyle, autor de “O Homem sem Grana” e o “Moneyless Manifesto”, e que já análisei anteriormente aqui no blog, é o mais perto de um Thoreau que podemos ter hoje – Só que um pouco mais simpático, segundo alguns dos conhecidos do autor.

Vale a pena?
Walden tem uma linguagem bastante simples, porém é extremamente lento. Se você está interessado nos pensamentos de walden sobre simplicidade e minimalismo, ele se mantem interessante e reflexivo, caso contrário, se torna extremamente monótono.

Eu particularmente adorei o livro e mantenho-o em minha cabeceira. Sempre que desejo ler algo sem compromisso, abro em algum capitulo aleatório.

button (7)

 


SE VOCÊ GOSTOU DO CONTEÚDO, COMENTE OU SIGA-NOS NA PÁGINA DO FACEBOOK, NO TWITTER OU PELO RSS!!
É MUITO IMPORTANTE PARA NÓS SABER O QUE VOCÊS ESTÃO ACHANDO!


Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s